Documentação para Transporte Doméstico:
  Toda carga, exceto documentos e alguns tipos de cargas especiais, deverá estar acompanhada da nota fiscal. Ainda, caso o remetente da carga seja uma pessoa física ou até mesmo uma pessoa jurídica, porém sem inscrição estadual, será exigido do remetente uma Declaração de Conteúdo.
   Cargas especiais ou perigosas deverão estar acompanhadas da documentação listada abaixo:
  Você precisará preencher a Minuta de Despacho para que possamos emitir o seu HAWB (House Air Way Bill / Conhecimento Aéreo Agecar).
    Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato conosco.


    Material Uso Militar ou Bélico
    Documentação necessária:
- 05 vias da nota fiscal registrada em cartório;
- 02 vias ministério da aeronáutica (guia de tráfego);
- certificado de registro de armas;
- que o material embarcado segue sem munição;
- declaração da transportadora (que confirme o embarque das mesma sem munição).


    Armas de fogo e munição
    Arma de fogo:
   Com a autorização concedida pela Polícia Federal (Porte de Trânsito) expondo o motivo do transporte da arma. (Ex.: mudança de domicílio, manutenção, conserto, treinamento, etc.) A arma deverá estar desmuniciada, embalada e transportada em local distinto da munição, de forma que não se possa fazer pronto uso dela.
    Munição:
    Com o registro da arma acompanhado da nota fiscal respectiva e separada da arma.


    Produtos Perecíveis
    Documentação necessária:
- nota fiscal;
- declaração do cliente de que a carga a ser transportada realmente tenha validade de 72 horas.
- Embarques de 2 as 5 feiras, observando se feriados nacionais e/ou locais.


    CARGAS ESPECIAIS

     Amostra para Análise
    As amostras devem estar dentro do prazo de validade e de conservação. Este prazo é fornecido pelo laboratório e o cliente deve estar ciente dessas informações.
    Nota: Vacinas/Soros e Materiais para Análise:
  O prazo deverá ser compatível com a duração prevista do transporte (mínimo de 72 horas), incluindo o tempo a ser despendido nos traslados terrestres, tanto na origem quanto no destino.
    Uso de sacos para Perecíveis
   Para evitar vazamentos durante o transporte ou manuseio, é obrigatória a utilização de sacas para cargas perecíveis, tais como: Peixes, Alimentos Industrializados e demais produtos similares que sejam congelados e contenham líquidos. Para maiores informações, consulte-nos.
     Uso de sacos para caixa de isopor (Medicamentos)
    Fica a critério do cliente a utilização ou não do saco específico.   Entretanto, é de nossa responsabilidade avaliar se as caixas estão aptas ao transporte, de modo que o transporte somente será efetuado desde que este requisito esteja devidamente cumprido.

 

 

 

    Veja como calcular seu peso volumétrico aéreo:
    O peso volumétrico aéreo não corresponde exatamente ao real e isto tem gerado algumas dúvidas e confusões.

 


 

   Siga o critério de cálculo abaixo para determinar o peso real da mercadoria a ser embarcada:
   O volume cúbico de uma embalagem é estabelecido aplicando-se a maior altura pela maior largura e pelo maior comprimento. O resultado é dividido por 6000 (cm) e multiplicado pelo número de volumes.
   Exemplo: 1 caixa com peso real igual a 10 kilos, cujas dimensões sejam 60cm x 40cm x 30cm
    O peso volumétrico aéreo será:
((60 x 40 x 30) : 6000) x 1 = 12
   Assim, o peso volumétrico ou peso taxado para efeito de transporte será de 12 kilos.
   Veja como calcular o peso volumétrico de sua encomenda rodoviária.
   Da mesma maneira do que acontece no segmento aéreo, o sistema rodoviário também segue um critério próprio de cálculo, como segue abaixo:
    O volume cúbico de uma embalagem é estabelecido aplicando-se (a medida em metro) a maior altura pela maior largura e pelo maior comprimento. O resultado é multiplicado por 300 e depois pelo número de volumes.
    O indicador 300 equivale a 300 kilos por metro cúbico.
    Exemplo: 1 caixa com peso real igual a 10 kilos, cujas dimensões sejam de 60cm x 50cm x 30cm.
    Seu peso volumétrico será:
((0,60 x 0,50 x 0,30) x 300) x 1 = 27.
   Assim, o peso volumétrico ou peso taxado para efeito de transporte rodoviário será de 27 kilos.

 

Preparando sua carga ou encomenda para transporte aéreo ou rodoviário.

Coloque etiquetas de endereçamento com destinatário e cole em dois lados da embalagem.

Artigos de alta periculosidade não podem ser remetidos em embalagens comuns.

Não utilize caixas danificadas.

Utilize enchimentos (plástico, isopor, papel picado ou espuma) para proteção interna. Não mande artigos soltos dentro das caixas.

Nunca mande dinheiro ou qualquer outro objeto proibido.

Lacre os pacotes com fitas adesivas plásticas, sensíveis à pressão, de 5 cm de largura.

Mantenha os pacotes secos enquanto aguardam o transporte.

Artigos de vidro  devem ser embalados, de forma que não toquem uns nos outros, prevenindo eventuais quebras e acondicionado em embalagem de madeira.

 

TWT AIRPACK Logistic Systems - DSL do Brasil - Rua Nicolau Ely, 352 - Jd. Floresta - Porto Alegre - RS. Tels. (51) 3342.4425 / 99316.2358

BORTOAC Design Digital - (51) 98433.4596